,

Estratégias de marketing imobiliário que fazem sentido durante a pandemia do novo coronavírus

Marketing imobiliário coronavírus Covid-19 - como vender imóveis na internet agora

Um dia a crise causada pelo novo coronavírus vai passar. O problema é saber quando. Estamos num momento de incertezas muito grande. Desde quando o isolamento social foi implementado com a pandemia, vários setores do mercado começaram a sentir os efeitos. Com o mercado imobiliário não seria diferente.

Com a queda na renda dos brasileiros, investidores segurando aplicações, inseguranças de muitos clientes na hora de comprar um novo imóvel, não demorou muito para que imobiliárias e construtoras sentissem quedas nas vendas.

Mas as perguntas que ficam são:

  1. Existe alguma maneira de contornar essa situação?
  2. Cortar totalmente o marketing agora é uma opção saudável?
  3. Será que realmente existe estratégia de marketing imobiliário que dê resultado em meio a crise causada pelo novo coronavírus?
  4. Como vender imóveis na pandemia da Covid-19?
  5. É possível fazer marketing inteligente para o mercado imobiliário na pandemia ?

São essas respostas que quero discutir com você. Acompanhe nessa leitura esclarecedora para você que gerencia uma empresa do setor imobiliário.

Temos que ser realistas, durante o auge da crise as vendas não serão iguais, mas seu público está ainda mais na internet. Então, como aproveitar?

Essa incógnita martela a cabeça de qualquer gestor de construtora, incorporadora ou imobiliária né. Fechar negócios, ao menos no mesmo ritmo de antes, não está fácil. Por outro lado, o seu potencial cliente está ainda mais na internet, e acredite, de olho no mercado imobiliário.

Bem, agora está difícil vender imóveis na pandemia da Covid-19, mas se você cortar o marketing, não vai impactar seu público-alvo e desaparecerá exatamente no momento que o digital é o ambiente do momento, não mais os meios físicos.

O grande segredo do marketing imobiliário eficiente nesses tempos de coronavírus é impactar as pessoas que têm potencial a se tornar cliente, se relacionar adequadamente gerando leads qualificados. Resumindo: aumentar a sua base de leads qualificados agora e saber vender no momento certo.

Então deve estar se perguntando: como fazer isso?

Levando em consideração que somos uma agência de marketing imobiliário, toda a equipe sempre discute o que fazer, analisando cenário e dados.

Sempre tive em mente que toda crise gera oportunidade, é só saber olhar no lugar certo. A primeira coisa que aconteceu quando a pandemia surgiu é que as tendências dos usuários mudaram.

Exemplos de buscas sobre o mercado imobiliário durante o novo coronavírus

 

Na imagem acima é ótimo exemplo. As buscas por informações sobre o setor imobiliário nesse período da Covid-19 aumentaram bastante, tanto por pessoas que querem avaliar o melhor momento para locação ou compra, quanto investidores.

A sua empresa do setor imobiliário vai deixar essa oportunidade passar? Acho que não né. Muitas negligenciaram as estratégias de como vender imóveis na internet, e agora métodos antigos adotados por muitos corretores estão defasados, e isso está mais explícito agora com o distanciamento social.

Como gerar leads para construtoras e imobiliárias, mesmo durante a pandemia Covid-19?

Primeiro, vamos relembrar as jornadas de compra de um cliente que busca imóvel.

Marketing imobiliário coronavírus covid-19 - como vender imoveis na crise pandemia - gerar leads para construturas e ações de marketing

  • Topo de funil é quando o seu potencial cliente ainda está na fase de descobertas e muitas dúvidas. Por exemplo, quando ele vai no Google e busca por “casa ou apartamento” ou “investir em imóvel agora”.
  • Meio de funil é quando o seu potencial cliente já reconhece o problema que tem e considera a solução de compra. Por exemplo, quando ele vai no Google e busca por “melhores apartamentos em São Paulo” ou “mercado imobiliário RJ agora”.
  • Por fim, o fundo de funil são pessoas que já decidiram que vão comprar ou alugar um imóvel, só buscam opções, empresas, entre outros. Por exemplo, quando buscam “apartamento 2 quartos zona sul de Londrina”.

 

Agora com o coronavírus, o grande problema está no fundo de funil. Muitas vezes não é o momento forçar ou focar somente em campanhas com ofertas diretas para vendas, pode ser um risco grande de investimento pelos cenários que já leu até aqui. Obviamente, que essa performance varia de acordo com o tipo de produto imobiliário e região.

Como estruturar base qualificada de leads agora e como se relacionar?

Nessa crise, o seu potencial cliente está mais ativo em jornadas anteriores de compra, e é ali que sua marca precisa impactar.

Para isso, contando com uma agência eficiente no marketing imobiliário, trabalhamos para gerar tráfego qualificado para o site ou páginas estratégicas do seu negócio, via posicionamento orgânico nos buscadores, campanhas de anúncios no Google e redes sociais, entre outros, sempre cativando o público com conteúdo de qualidade, impactando nas jornadas anteriores da decisão de compra. Isso mesmo, temos que trabalhar com campanhas que visem oferecer conteúdo de qualidade para o seu público, é assim que vamos nos relacionar e gerar leads qualificados agora.

Algumas estratégias que podem ser implementadas em seu negócio durante a pandemia:

  1. As postagens do blog da sua empresa precisam ser otimizadas com metodologias de SEO para palavras-chave específicas e que façam sentido nesse momento;
  2. As campanhas Google e os principais termos que pretende posicionar precisam ser revisados;
  3. Estratégias voltadas para geração de leads qualificados devem ser elaboradas;
  4. O relacionamento nas redes sociais é crucial nesse momento, então uma boa gestão se faz necessária.

Mas sua empresa imobiliária não vive de visitas, concorda?

Com landing pages otimizadas, oferta de materiais ricos gratuitos, por exemplo, geramos leads qualificados, agora especialmente de futuros clientes nas fases meio e topo de funil.

Com isso, nesse período complicado na geração de novos negócios, sua empresa está aproveitando o momento para formar uma base de leads de alta qualidade.

 

E esses leads vão gerar negócios?

Sabendo se relacionar corretamente, sim, sem dúvidas as vendas acontecem, mas na hora certa, só quando o lead estiver preparado.

Para cada lead gerado, temos estratégias ideais de relacionamento com materiais ricos, e-mail marketing, mídias sociais, entre outros, tudo para educar o lead, mostrar que a sua imobiliária, construtora ou incorporadora é autoridade no assunto.

Bem, quando a pandemia passar, a sua empresa já tem uma base de leads incrível para trabalhar e tornar como oportunidade e vendas, afinal, não ficou passivo no momento, pelo contrário, sempre ativo nas relações com a sua audiência qualificada.

E assim, a agência K2 e seus clientes imobiliário não deixam as oportunidades passar. Nós geramos leads para construtoras que realmente têm perfil adequado, assim para as imobiliárias.

E claro, muito além das ações de marketing, a sua empresa necessita criar soluções que facilitem a vida do cliente nesse momento, como oferecer melhores condições de pagamento, facilitar financiamentos, apresentações virtuais dos empreendimentos, organizar as lives, isto é, entrar ao vivo nas redes sociais e Youtube para se relacionar com a sua audiência, apresentar os empreendimento, entre outros fatores. Para tudo isso, nós da agência K2 contamos com alta eficiência em consultoria comercial imobiliária. O marketing sozinho, nesse momento, não é suficiente.

E a sua imobiliária, incorporadora ou construtora, o que está fazendo para reagir? É absolutamente fundamental ter a estratégia certa em marketing imobiliário agora com o coronavírus. Mais do que nunca agora, vender imóveis na crise da pandemia nos meios digitais ganha ainda mais importância nessa fase de isolamento social. Sim, com as devidas ações de marketing para construtoras e imobiliárias de diversos portes, contribuímos para que o mercado imobiliário na pandemia consiga se reinventar e realmente gerar resultados.

Leia também nosso artigo sobre marketing para construtoras e novos empreendimentos.