,

A ansiedade no mundo dos negócios: tudo que você precisa saber sobre o tempo de retorno do seu investimento

A ansiedade no mundo dos negócios: tudo que você precisa saber sobre o tempo de retorno do seu investimento

Segundo o dicionário, a ansiedade é uma falta de tranquilidade, um receio que causa impaciência. E esse é o “mal” que atinge grande parte dos empreendedores. Mas, por que isso acontece?

Bom, a resposta é fácil. No mundo dos negócios, quem investe dinheiro quer um retorno quase que imediato, sem esperar o tempo certo para a maturação desse projeto.

Vejamos o simples exemplo abaixo:

Ilustração surgimento de borboletas para mostrar prazo de retorno do investimento digital

Parece simples, né? É no estágio de casulo que acontece a transformação da lagarta em borboleta. No seu negócio, é a mesma lógica. Quando o seu projeto, empresa, loja ou e-commerce, passa por transformações e transições de processos ou adaptações com novas implementações – como estratégias de inbound marketing, por exemplo, é normal você achar que tudo está perdido, pois momentaneamente as vendas se estagnam para a adaptação e posterior ascensão.

Muitas vezes, vejo negócios bem estruturados, produtos que atendem às necessidades de mercado, público e segmentação corretas, etc., que tem tudo para dar certo, mas o empreendedor, idealizador da empresa, deixa de acreditar no seu sucesso por conta da ansiedade de resultados.

Você já deve ter ouvido um ditado popular que diz:

Quem tem pressa come cru!

Ilustração sobre payback e a espera para o retorno do investimento nas estratégias digitais

É exatamente o que acontece no exemplo citado acima, quando você quer resultados antes da sua empresa completar o ciclo de “forno”: você vai “comer” resultados crus.

A verdade é que não adianta querer acelerar o processo. Saiba que por mais difícil que possa parecer, sua empresa, com as estratégias corretas e técnicas bem aplicadas, irá crescer, trará resultados financeiros, lucratividade e um retorno de investimento (ROI). Contudo, isso vai acontecer no tempo de retorno de investimento correto: o chamado Payback.

Meme sobre retorno do investimento payback

Muito importante nesse processo é ter bem claro dados e estatísticas que te manterão bem e com certa lucratividade, como o seu fluxo de caixa, o que trará mais equilíbrio ao negócio, sempre pautado no seu plano de negócio (se você ainda não tem, corra fazer um!) e projeções financeiras – mas projeções que sejam atingíveis e reais para o seu negócio no mercado atual e na projeção futura.

Por isso, quando um determinado valor sair do seu caixa, é imprescindível que seja muito bem planejado, para que o administrador da empresa não seja pego de surpresa.

É por isso que o retorno do investimento Payback está totalmente ligado com um fluxo de caixa extremamente bem feito.

Mas afinal, qual o tempo de retorno do investimento?

O prazo consiste basicamente em um cálculo inverso à rentabilidade. Para calcular o PRI (Prazo de Retorno do Investimento) é preciso ter em mente o valor do capital aplicado. Quando a empresa já está em atividade, devemos utilizar o valor do patrimônio total desta empresa.

Ilustração sobre tempo de retorno do investimento payback no meio digital

Vejamos um exemplo de cálculo:

PRI = Investimento Total / Lucro Líquido

Suponhamos que o capital aplicado seja de 50.000, e o lucro líquido no período, de 25.000. Teremos a seguinte conta:

PRI = 50.000 / 25.000
PRI = 2,0 anos

Ou seja, em 2 anos você terá o retorno do valor investido no negócio.

Agora você já sabe qual o tempo necessário para o retorno do investimento e o que esperar. É só ter paciência e aplicar as técnicas e estratégias de negócios de maneira sólida e planejada.