A importância da hashtag e como utilizar corretamente

Todo mundo com presença marcada nas redes sociais já utilizou uma #hashtag. Mas, a verdade é que ainda tem gente que não sabe o que é e nem para que serve o tão popular jogo da velha. Será que esse é o seu caso? Para que serve # ? #AlguémMeExplica #Socorro

Hashoquê?

Traduzindo ao pé da letra, hash significa cerquilha e tag é um verbo inglês utilizado com o sentido de marcar algo. As hashtags que conhecemos são compostas, então, pelo símbolo # (cerquilha) + uma palavra de destaque. Elas são utilizadas basicamente em redes sociais, tendo, de fato, surgido e tomado conta da internet toda com a popularidade do Twitter. Hoje em dia, porém, as principais redes sociais, como o Facebook, o Instagram, o Pinterest e o Google+ suportam o uso das hashtags.

Quando alguém compartilha nas redes uma palavra precedida pela cerquilha, forma-se uma #hashtag – um hiperlink que tem, como destino, outros conteúdos marcados com aquela mesma hashtag. É uma forma de categorização universal bem simples, um filtro! (:

#FicaDica

Quem é “novato” nas redes sociais pode não entender muito bem o propósito das hashtags. Mas, se você souber utilizá-las corretamente, com uma pitada de bom senso e moderação, elas se tornam uma poderosa ferramenta de envolvimento com o seu público!

#nao #crie #uma #hashtag #para #cada #palavra

Use, mas não abuse! Quanto mais hashtags você usar, mais confuso você vai deixar o seu conteúdo; o ideal é escolher um tema principal e focar nele. É até contra as regras de etiqueta da internet ficar colocando um milhão de hashtags nas postagens, viu? Verdade! A verdade é que um monte de hashtags deixa o seu conteúdo menos atraente, mais confuso, e, pra finalizar, parece desesperado. Ninguém quer ter o seu conteúdo relacionado a essas imagens, né?

#naocoloquetodooconteudoemumaunicahashtag

Gente, hashtags imensas não servem pra mais nada além de fazer uma graça. Sério. Primeiro que o texto ali fica todo confuso, porque não pode dar espaço. Segundo que ninguém quer ler um negócio todo esquisito desses. Terceiro que esse tipo de hashtag não tem utilidade alguma: quando alguém clicar nela, o único conteúdo encontrado será o próprio conteúdo da hashtag, já que a probabilidade de outras pessoas utilizarem exatamente a mesma hashtag são muito pequenas, o que também significa que as chances de alguém encontrar através de buscas a sua hashtag — e, consequentemente, o seu conteúdo — são pequenas.

Outra coisa que se aplica aqui é o cuidado com a ortografia: uma letrinha trocada em uma hashtag, e o seu conteúdo já estará listado dentro daquela categoria. É muito importante prestar atenção e tomar um cuidado especial com o nosso português e, claro, com palavras estrangeiras também. Do contrário, sua hashtag não acrescentará em nada para o seu conteúdo.

Torne suas hashtags únicas

Quando falamos em tornar as hashtags únicas, não estamos falando pra você ignorar tudo o que colocamos no exemplo acima. Aqui, a ideia é trabalhar uma hashtag como se ela fosse uma marca. Popularizar uma hashtag que imediatamente remeta o público à sua marca é uma forma de disseminação de conteúdo e de interação com possíveis clientes muito poderosa, mas requer um pouquinho de trabalho para ser, realmente, uma estratégia efetiva.

Hashtags devem ser fáceis de serem lembradas, daí a importância de mantê-las o mais curtas e diretas possível. Lembra que elas se originaram do Twitter, onde existe um limite de 140 caracteres por postagem? Não é só porque agora não há limite de palavras que podemos abusar. Quanto mais simples, melhor! (:

A internet não tem regras, mas deve-se pelo menos ter boas práticas. O maior poder da hashtag é ampliar o seu alcance e divulgação. Agora que você já sabe para que serve #, use-a a seu favor!