,

O problema é: você (provavelmente) está vendendo errado!

Ilustração placa sobre como vender na internet

Esse não é o primeiro post do nosso blog que vai falar sobre como a internet mudou várias coisas — principalmente o que a gente chama de jornada de compras, e como é imprescindível mudar sua maneira de vender também para conseguir bons resultados. Mas esse vai ser o primeiro post que vai te oferecer alguns insights práticos a respeito do que e como mudar na forma que você está tentando vender o seu produto ou serviço. Começando pelo marketing! 🙂

O primeiro ponto sobre o qual você precisa ter bastante clareza é: a menos que você venda um produto ou serviço muito específico e único, a sua concorrência não é mais a mesma — ela se expandiu bastante, e isso provavelmente dificultou as coisas para o seu negócio. A internet mudou muito o processo de compras do consumidor: comparar preços, encontrar outras opções de produtos ou serviços, buscar informações a respeito de qualidade, referências e experiências anteriores de outros usuários… Todas essas ações hoje são extremamente acessíveis e já fazem parte do ritual de compra da grande maioria das pessoas que adquirem produtos pela internet.

Basicamente, tudo está mais simples e mais próximo para o consumidor. Se há alguns anos você concorria com aquela loja do centro da cidade ou com um prestador de serviços da vizinhança, hoje é bem possível que você concorra com gigantes mundiais, como a Amazon ou o Aliexpress.

Tá, eu tô aqui falando sobre o problema já há algum tempo e você deve estar se perguntando: e a solução? Como vender na internet nesse novo mundo?

Primeiramente, já vou te adiantar que não existe uma fórmula mágica. Se eu te dissesse que você ia executar cinco passos simples e uau! de repente todo mundo quer comprar de você, eu estaria mentindo. Não existe solução simples, mas eu espero que, ao fim desse post, você consiga saber para onde olhar e o que você vai precisar para traçar uma estratégia que funcione de verdade para o seu negócio.

– Coisa que você precisa saber número 01: seu público não tem tempo pra você

Tenho certeza que se eu te perguntasse “quais os dois recursos mais valiosos para você?”, você me responderia tempo e dinheiro. E adivinha só? O seu público também. (:

Quanto antes você aceitar que o seu público não tem tempo e nem dinheiro para gastar com você só porque você quer vender, mais fácil vai ser pensar no que fazer com isso. O que eu quero dizer é que você precisa entender como você pode ajudar, ser útil para o seu consumidor, otimizar sua experiência de compra. Basicamente, como não ser um empecilho entre o consumidor e o produto.

Ideias: Se você sabe que seu consumidor vai pesquisar determinadas informações sobre seu produto independente de você fornecê-las ou não, por que você não poupa o tempo dele e coloca o que ele quer saber na página de produto, ou em um blog? Se você sabe que o consumidor provavelmente ainda não conhece a sua loja e não sabe se pode ou não confiar em você, porque você não mostra para ele informações que transmitam confiança sem que ele precise entrar num site de um terceiro para descobrir se o produto dele vai chegar ou não? Um bom exemplo de como fazer isso é trabalhar com depoimentos, avaliações de usuários e abrir espaço para comentários. :]

– Coisa que você precisa saber número 02: informações sobre seus clientes são inestimáveis

No tópico anterior, quando eu mencionei que você poderia facilitar a vida do consumidor e trabalhar com informações que você sabe que são do interesse dele, é bem possível que você tenha se perguntado “e como eu vou saber o que ele quer saber?” A resposta é simples: você precisa começar a coletar informações sobre o seu cliente — e com informações eu não estou falando somente dos dados de pagamento e de entrega. Você precisa de informações para entender com quem você está falando. Ofertar conteúdo em troca de informações e realizar pesquisas de satisfação são ótimas maneira de adquirir e validar informações.

Outra coisa importante para se considerar é: se você coleta informações valiosas sobre quem é o seu consumidor e não as aproveita, você está desperdiçando um imenso potencial de se comunicar com mais assertividade e entregar conteúdo realmente relevante para o seu público – e no próximo tópico você vai entender o porquê disso ser importante.

– Coisa que você precisa saber número 03: os consumidores não têm dono

O seu consumidor não vai ser fiel a você somente porque você acha que ele deve. Ele escolhe onde e quando comprar com base em alguns fatores principais:

PREÇO + UX + VÍNCULO

Preço + UX + Vínculo - a fórmula para resposta sobre como vender na internet para iniciantes e experientes

  • PREÇO

Como dito anteriormente, tempo e dinheiro são os dois recursos mais importantes para qualquer pessoa hoje. Então, sim, se o seu preço for menor que o do concorrente, você terá um diferencial sobre ele. Se o seu preço for maior, será necessário trabalhar mais nos outros dois fatores.

  • UX

Esse fator também tem a ver com tempo e dinheiro, e é bem simples: oferecer a melhor experiência de usuário possível para o seu público significa que comprar de você não vai ser uma tarefa chata e burocrática, da qual ele vai sair com aquele sentimento de quero meus vinte minutos de vida de volta, o que é extremamente valioso e positivo.

  • VÍNCULO

Essa é a cereja desse post – eita que palavra linda ⭐ -. O conceito de uma marca criar vínculo com o seu público é, infelizmente, abstrato e subestimado, mas é aqui que você pode realmente se posicionar como uma referência no mercado e ter um diferencial de verdade. Consumidores não têm dono no sentido que eles nunca serão, de forma garantida, seus, mas se você conseguir mostrar que o que importa para eles importa para você também, e que você oferece muito mais do que o produto em questão — como, por exemplo, uma experiência incrível, senso de pertencimento — eles com certeza vão pensar muito mais antes de comprarem de um concorrente só por causa de preço.

Isso é mudar a forma de como vender na internet. 🙂

– Coisa que você precisa saber número 04: marketing é muito mais do que anunciar produtos e postar no Facebook

Se tem uma coisa que eu quero que você extraia desse post e carregue no seu coraçãozinho pra sempre lembrar quando você pensar em uma estratégia de marketing para o seu negócio, é essa aqui: uma campanha de marketing incrível, em todo o seu esplendor e glória, vai ter o objetivo de gerar vínculo com o público. É aqui que o marketing digital brilha, minha gente, é aqui que você pode realmente se destacar e se posicionar como uma marca que oferece mais.

Entendendo o seu público especificamente, o seu objetivo como negócio e também as dificuldades, será possível traçar uma estratégia concisa e incrível nos três momentos da compra: pré-venda, durante e pós-venda. Utilizar o marketing somente no primeiro momento, e de forma incompleta, é um desperdício de potencial imenso.

E aí, pronto para criar vínculos? :}

Leia também nossa postagem sobre como divulgar produtos na internet.