[Infográfico] Marketing online ou offline, qual estratégia adotar?

Adotar uma excelente estratégia de marketing é, sem dúvidas, a chave para que um negócio conquiste espaço no mercado e traga aos envolvidos um bom retorno financeiro. Para conseguir se destacar, é fundamental analisar o cenário, a concorrência, o público, os próprios interesses e, entre outras coisas, as peculiaridades do segmento de atuação. Até aí tudo bem, mas a grande questão é: onde, exatamente, investir? No marketing online ou offline?

Durante muito tempo, o marketing offline fez parte do dia a dia das empresas. Porém, essa forma de fazer negócio, que abrange panfletos, outdoors, eventos, anúncios de TV e spots, deixou de ser a única opção. Hoje, ela disputa espaço, em grande desvantagem, com o marketing online que, de tão ágil, imediatista, econômico e ajustável, cresce e se mostra como a estratégia que mais tem valido a pena investir.

Por mais bem planejada que seja uma ação offline, é praticamente impossível competir à altura com a velocidade, o surpreendente alcance, o ROI (retorno do investimento) e, por conta de características como estas, com a impressionante capacidade de aumentar as vendas, características que definem muito bem as transações digitais.

Mas também temos que admitir que o offline, embora esteja perdendo terreno, ainda tem o seu valor. Resta saber o que, de fato, é melhor para o seu negócio. Seus interesses devem ser levados em consideração antes de definir se vai investir apenas em marketing online, apenas no offline ou em ambos.

Pensando em todos estes questionamentos, preparamos um infográfico que compara as ações de marketing online ou offline: quais os investimentos, o alcance e a duração de cada uma. Confira!