Loja virtual no Facebook: dá para vender?

A cada ano surgem novas lojas virtuais no Brasil. Não seria para menos, pois o mercado está aquecido e as pessoas estão comprando cada vez mais no ambiente online. As redes sociais fazem o maior sucesso. São tantas em crescimento, como o Facebook, LinkedIn e Whatsapp, que não faltam opções para os empresários.

De olho nas projeções de mercado, empresas estão ousando abrir lojas virtuais dentro das redes sociais. As plataformas mais famosas são Like Store e Facilime, sistemas que conseguem montar e integrar um e-commerce dentro do Facebook. A visão de negócio é interessante, mas será que dá para vender produtos dentro dessa rede social?

Para quem deseja abrir uma loja virtual no Facebook, elaboramos uma lista que demonstra as vantagens e também as desvantagens desse modelo de negócio.

Vantagens de ter uma loja no Facebook

– De acordo com o blog Link, do Estadão, em 2014 o Facebook atingiu 1,35 bilhão de usuários em todo o mundo. Segundo o portal Olhar Digital, no mesmo ano, o Brasil teve 89 milhões de contas ativas.

– Sua empresa precisa estar presente onde os potenciais clientes estão conectados. Antes de abrir um negócio dentro do Facebook, é preciso avaliar com atenção o perfil de público e estudar a real presença deles na rede social.

– Milhões de pessoas utilizam o Facebook todos os dias.

– Os usuários gostam de encontrar novidades, e, por isso, tendem a compartilhar conteúdos com os amigos.

– Investimento estratégico em marketing dentro da rede social, por meio do Facebook Ads, pode atrair usuários diretamente interessados nos produtos da loja.

– A partir do momento que o usuário curte a loja no Facebook, o mesmo passa a receber informações orgânicas na rede.

– A comunicação entre a loja e o usuário é bem mais informal, o que acaba aumentando a confiança do cliente.

– Não se prenda só nos produtos. Oferte conteúdos de qualidade que solucionem os problemas dos usuários e o engajamento pode ser ainda maior.

– No e-commerce convencional, o usuário precisa ter a intenção direta de compra, estar disposto a pesquisar sobre o produto ofertado. No Facebook, o usuário passa a receber as informações da loja, seja pelo meio orgânico movido por compartilhamentos e curtidas, seja pelo impulso por meio de investimentos no Facebook Ads.

– As recomendações de amigos podem impactar positivamente na decisão de compra, muito mais do que qualquer anúncio.

Desvantagens de ter uma loja na rede social

– Nem todo negócio consegue sucesso nas vendas dentro da rede social. São vários fatores que contribuem para isso. O mais comum é o lojista não conhecer realmente o seu público alvo e, por isso, trabalhar de modo incorreto o conteúdo e a comunicação com o público.

– O layout é sempre padronizado, seguindo a estrutura do Facebook. Por isso, o fator navegabilidade pode não ser o item forte da loja.

– O ambiente da rede social é visto por muitos usuários como um local de relacionamento, não de negócios. Isso afeta diretamente na decisão de compra.

– A divulgação de artigos, notícias, postagens em blogs e conteúdos informativos geram um impacto positivo maior do que meramente divulgar produtos.

– Geralmente o usuário encontra um mix de produtos, o que pode restringir o consumidor a outras oportunidades de compra.

– Segundo a revista Exame, muitos usuários não confiam na segurança ao comprar diretamente no Facebook.

– Por se tratar de sistema que trabalha quase inteiramente por Java Script ou Iframes, robôs de busca como Google e Bing não conseguem indexar a loja e muito menos os produtos cadastrados nela, perdendo a oportunidade de ter presença nos resultados de pesquisas.

Tenha uma boa estratégia!

Em resumo, o sucesso do negócio dentro da rede social depende muito de pesquisa de mercado, perfil do público alvo, marketing de conteúdo eficiente e comunicação adequada. Há pontos positivos e negativos em qualquer modelo de negócio nas redes sociais, e o que realmente vai definir o sucesso da empresa no ambiente das redes sociais é uma boa estratégia de relacionamento com os usuários da rede. Uma agência de marketing digital pode definir uma boa estratégia de ação para a sua empresa ter mais sucesso de vendas com abertura de uma loja virtual no Facebook.

Aproveite para ler também o nosso genial artigo que aponta os motivos da sua empresa estar nas redes sociais.