uma newsletter (mais ou menos) romântica

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Como nós estamos na quarta edição, eu já vou te considerar de casa. A essa altura, você já deve estar familiarizado com o nosso ritual: separe o seu café e cinco minutinhos do seu tempo para vir acompanhar os insights que selecionei para esse mês! ☕

Um voto de confiança:

A primeira coisa que eu vou te pedir nessa edição é um voto de confiança. Isso porque o tema principal dessa newsletter vai te soar um pouco clichê, ou talvez até mesmo um pouco forçado, mas eu prometo: vai ser estratégico.

Basicamente, hoje eu vim aqui falar de amor.

uma newsletter (mais ou menos) romântica (fica tranks, nós não fomos invadidos e essa ainda é a news da k2)

Nas últimas edições da K2 insights a gente tem falado muito sobre marcas incríveis — sobre a importância de se destacar, de ter algo a mais para oferecer, de ter diferenciais relevantes. É nessa mesma pegada que, hoje, eu vim te falar que romance importa.

Um dos grandes diferenciais que marcas incríveis têm em relação às marcas esquecíveis é o foco. Marcas esquecíveis têm foco no produto, na venda. Marcas incríveis têm foco no cliente. A diferença?

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Você pode dizer que tem clientes apaixonados por seu negócio, por seus serviços, por seu produto ou por sua marca? Mas apaixonados de verdade — do tipo que te recomenda para todos os conhecidos, que não abre mão de comprar com você, que bate no peito com orgulho e diz que é cliente seu.

Marketing centrado no cliente tem um objetivo principal que é simples: fazer o cliente se apaixonar. E, para isso, é preciso investir em romance. ❤️

Por que investir em marketing centrado no cliente:

Quando eu falo que investir em romance marca x cliente é importante, não é só para ser uma marca ~diferente. Lembra do que eu disse no início? O assunto é estratégico. Não deveria ser novidade, mas demonstrar amor pelo seu cliente é marketing eficiente! 🙂 Olha só:

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Um cliente perdido te custa muito mais caro do que adquirir um novo. E é claro que dados variam de acordo com o segmento, mas em linhas gerais, se você não está investindo em retenção de clientes, você já está atrás. Não demonstrar amor por seus clientes atuais te custa uma coisa muito preciosa: a lealdade deles! 💔

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Como fazer o seu cliente se apaixonar:

Como estamos aqui falando de amor, já te digo que para fazer os seus clientes caírem de amores por você, será preciso seguir as leis do romance. Dito isso, vou te dar a dica inicial de ouro para essa missão:

uma newsletter (mais ou menos) romântica(estamos falando de estratégia, mas olha que essa dica serve pra vida, hein)

Tá, em termos práticos, isso significa que a única forma de fazer o seu cliente se apaixonar por você é se apaixonando por ele também. Fazer com que o seu cliente se sinta amado é imperativo em qualquer estratégia de retenção de clientes, e para demonstrar amor, é preciso conhecer e entender de verdade quem é o seu cliente — do que ele gosta, o que ele espera de você, que tipo de conteúdo é relevante, e o que o encanta! ❤️

Uma sacada importante: a arte da conquista não começa apenas quando o relacionamento se estabelece; como numa situação real, o romance começa muito antes. Você não pode levar todos os visitantes para jantar como faria com alguns contatinhos, mas você pode, sim, causar uma impressão positiva desde o primeiro encontro. 🙂

Clientes nossos que têm clientes apaixonados: 

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Case: famiglia Venturelli

Moinho Globo é um dos nossos clientes que melhor entende o conceito de amor pelos clientes. Como uma das empresas presentes no renomado ranking Great Place to Work, entregar mais do que produto e preço é algo cultural para esse cliente ❤️. Para uma de suas marcas, a queridinha Famiglia Venturelli, criamos um clube de relacionamento. Funciona assim:

uma newsletter (mais ou menos) romântica

Como resultado, estamos construindo uma valiosa base de leads que ou já é apaixonada pela Famiglia Venturelli, ou que está se apaixonando e com certeza vai procurar pelos produtos da marca quando surgir uma oportunidade.

Isso é amor 🙂

Novidades do blog:

 Síndrome do Fogo Amigo (sua agência não sabe de tudo; nem você!) entenda como você é essencial para o sucesso do seu projeto →


 Carrinho abandonado: traga de volta o lead desejado que tal começar a colocar a estratégia do amor em prática? →

Fez sentido para você?

Deu para entender como uma coisa simples e básica, como amar o seu cliente e colocá-lo em primeiro lugar, pode representar uma imensa vantagem quando o assunto é ser uma marca incrível? 😉

Espero que esses pequenos insights tenham sido úteis para te dar ideias sobre como sair do óbvio e trabalhar para ser uma marca incrível. Ah, e me conta: a sua estratégia atual já tem o cliente como foco principal? Como você demonstra amor pelos seus clientes? ❤️

Até a próxima edição!