,

As mudanças de relacionamento com clientes e como Inbound e Redes Sociais podem ser aliados

O mundo se modernizou, as tecnologias mudaram, e as formas como as pessoas se relacionam não poderia ter seguido um caminho diferente. Com isso, as marcas também passaram por uma adaptação no seu jeito de agir. O fato de uma empresa simplesmente existir para gerar lucro é algo hoje praticamente inviável. Uma empresa, ou marca, deve ter um propósito, uma razão. O que se espera são ações que tragam impacto – de maneira positiva – na população, seja a comunidade em torno ou as pessoas de um modo geral.

As mudanças no marketing

As mudanças no mundo do marketing também são interessantes de serem analisadas. Os termos, as propostas, e os propósitos também mudaram. Basta pensar nas agências de marketing dos anos 60 e perceber como as coisas eram diferentes. A publicidade massiva era a principal maneira de vender um produto e diferenciá-lo de um concorrente. A ideia era criar uma necessidade ou desejo que uma marca específica pudesse sanar, estando à frente da concorrência, conforme ela fosse aumentando. O famoso “sua pasta de dentes é boa, mas ela é indicada por 9 a cada 10 dentistas? ”

Mais um dia normal aqui nos anos 60…

Com o passar dos anos, o marketing ficou cada vez mais integrado com outros setores da empresa. Até chegar uma hora em que qualquer ação estaria presente e seria promovida em todos os setores.

Ficou mais claro também que o relacionamento parou de ser um diferencial e passou a ser algo essencial. Os clientes buscam mais que simples produtos ou serviços. A experiência em usar algo conta muito, né?

E é claro que as empresas se aproveitam dessa demanda para renovar seu serviço. O objetivo passou a ser fidelizar o cliente.

A era do conteúdo

Atualmente, para a maioria das pequenas e médias empresas é muito difícil se destacar utilizando as técnicas de antigamente, o que é compreensível, devido às diversas mudanças na maneira de vender e comprar – e mesmo as grandes empresas buscam maneiras de se renovar.

Vivemos na era do conteúdo. A maneira com que as pessoas compram, vendem e se relacionam mudou para sempre. Hoje em dia é muito fácil pesquisar no Google sobre determinado produto ou serviço para comparar e decidir qual atende melhor a necessidade de quem procura. Desta forma, é natural que as empresas busquem novas formas de se promover, dentro das atuais plataformas.

O Inbound Marketing e as novas estratégias

O Inbound Marketing (saiba o que é) vem se popularizando cada vez mais desde a última década. Basicamente, trata-se do marketing de atração, pois tem o objetivo de despertar o interesse do público desejado, utilizando materiais que realmente interessam para essas pessoas.

É claro que o objetivo final são as vendas, mas fidelizar o cliente é muito mais interessante nos novos tempos. Dentro do Inbound, quando um lead se torna um cliente, é porque ele foi atraído em um tráfego de informações, depois notou um problema e descobriu que determinada empresa tinha a solução. Tudo isso por materiais que interessavam, até porque ninguém merece ficar recebendo um monte de coisa que nem quer ver.

Achei que era mensagem da crush, era anúncio nada a ver

Esse tipo de ação é a tendência para o futuro. Os conteúdos consumidos na internet estão cada vez mais filtrados, devido ao volume de informação que é disponibilizada diariamente. As pessoas leem, assistem e compartilham coisas que lhe interessam. Por isso as empresas fazem estratégias para se encaixar nesse contexto.

As redes sociais como aliadas

Não é novidade para ninguém que as redes sociais viraram parte de diversas estratégias de venda (sobretudo o Facebook e Instagram, que estão cada vez mais populares). Mas o que muitas empresas deixam passar – e é, talvez, um dos fatores mais importantes – é como isso pode alavancar o relacionamento direto com quem se envolve com a marca.

Quando uma pessoa compra alguma coisa ou usa algum serviço e foi impactada de maneira positiva ou negativa, o primeiro lugar para onde ela vai falar é justamente no perfil da empresa. É nessa hora que o pessoal responsável deve estar atento e preparado.

Uma empresa que responde todos os seus clientes, demonstra mais que um cuidado com sua imagem. É justamente sobre a mudança da postura que ela deve ter. Sobre como a empresa quer estar mais próxima do cliente, entendendo o que está acontecendo de verdade com ele.

A tendência são as marcas participarem do cotidiano de seus clientes, falar sua língua. Hoje você compartilha um meme, amanhã pode ser que ele seja usado para te dar uma resposta.